Liv Ullmann, a musa do Cinema Sueco

Liv Ullmann, a musa do Cinema Sueco

Postado em:
Blog - Artigos
- 03/04/2020 10:34:42


Nascida em 1939, Liv Ullmann é uma atriz norueguesa conhecida por sua beleza natural e performances inteligentes e complexas, ganhando destaque após formar uma longa parceria com Ingmar Bergman e protagonizar diversos filmes do diretor. O pai de Ullmann era um engenheiro norueguês cujo trabalho exigia longas viagens. Como resultado, Liv nasceu no Japão, e foi criada e educada em diversas locações como a Noruega, Canadá e os Estados Unidos. Durante sua adolescência, ela estudou atuação em Londres e na Noruega e se apresentou em várias peças para o Teatro Nacional de Oslo.

Ullmann apareceu em pequenos papéis em quatro filmes menores antes de conhecer Ingmar Bergman em 1966. Quando ele a colocou no papel principal de seu complexo drama psicológico Persona (1966), eles iniciaram uma longa relação profissional e pessoal. O trabalho de Ullmann com Bergman foi amplamente aclamado e fez da atriz uma estrela internacional. Suas colaborações, quase todas as quais são consideradas obras-primas de estudiosos do cinema, incluem A Hora do Lobo (1968), Vergonha (1968), Gritos e Sussuros (1972), Cenas de um Casamento (1973), e Sonata de Outono (1978). Seus outros créditos incluem Face a Face (1976), pelo qual Ullmann recebeu uma indicação ao Oscar, e o filme para televisão Sarabanda (2003). Ullmann também recebeu uma indicação ao Oscar por sua atuação no drama histórico Os Emigrantes (1971), dirigido pelo diretor sueco Jan Troell.

Ao longo de sua carreira, Ullmann trabalhou no teatro e também na tela. Ela demonstrou grande versatilidade nas obras de William Shakespeare, Henrik Ibsen, Anton Chekhov, George Bernard Shaw, Bertolt Brecht, Eugene O'Neill, George S. Kaufman e Moss Hart. Seu papel de teatro mais conhecido é o de Nora em A Doll's House, de Ibsen. É também o único papel teatral que ela repetiu, desempenhando o papel tanto no rádio quanto no palco, tanto em Oslo quanto na cidade de Nova York. Ela também trabalhou frequentemente com o famoso diretor teatral José Quintero, como Josie em A Moon for the Misbegotten (1976), no papel-título de Anna Christie (1977), na comédia Chekhov The Bear (1978), e em The Human Voice (1979), em que ela se virou em um fascinante solilóquio de 45 minutos.

Embora seus filmes posteriores tenham recebido pouca distribuição americana, Ullmann permaneceu entre as atrizes mais respeitadas do mundo. Seus créditos do início do século 21 incluíram Através do Espelho (2008) e Duas Vidas (2012). Em 2012, Ullmann foi a narradora da história do documentário Liv & Ingmar - Uma História de Amor, onde ela conta sobre toda a história de sua relação profissional e pessoal com Bergman, uma relação que foi e voltou por 40 anos, e originou a única filha de Liv, Linn Ullmann. Além disso, Liv Ullmann também dirigiu filmes como Sofie (1992), Kristin - Amor e Perdição (1995), Encontros Privados (1996), Infiel (1999), para o qual Bergman escreveu o roteiro, e Miss Julie (2014), que ela adaptou da peça de August Strindberg com o mesmo nome.




Você pode encontrar em nossa loja um dos filmes de Liv Ullmann, "Sonata de Outono", e diversos outros filmes: 
https://rosebud.club/produtos.asp?categoria=9
 

Categorias

Fique informado!

+ Posts

O Pacifista, Masaki Kobayashi
O Pacifista, Masaki Kobayashi
O Poeta de Hong Kong, Wong Kar-wai
O Poeta de Hong Kong, Wong Kar-wai
O Cinema Novo Brasileiro
O Cinema Novo Brasileiro
Glauber Rocha, a Face do Cinema Brasileiro
Glauber Rocha, a Face do Cinema Brasileiro