Discutindo a Sociedade Brasileira através do Cinema - RJ
Discutindo a Sociedade Brasileira através do Cinema - RJ
Código:
z998
Discutindo a Sociedade Brasileira através do Cinema - RJ
ESGOTADO

Detalhes

 

Devido a pandemia do Coronavírus o Discutindo a Sociedade Brasileira Através do Cinema  foi adiado sem previsão de nova data.

 
O objetivo desse curso é traçar um panorama geral da sociedade brasileira através e em diálogo com sua produção audiovisual dos últimos 10 anos. As temáticas serão abordadas em 4 grandes eixos: Gênero e Corporalidade, Política e Sociedade, Territorialidade e Raça.

Sabemos que esses eixos se entrecruzam e que o país é complexo, por isso, entendemos cada um desses eixos como módulos, mas que dialogam e se complementam.
Como é um tema que requer uma análise anterior para suscitar o debate, iremos oferecer uma bibliografia inicial. Não pretendemos, no entanto, fazer uma análise exaustiva do filme enquanto obra cinematográfica, ou seja, de sua técnica, nem dos livros elencados- embora possamos nos focar nessa questão em alguns casos-, mas trazer o que neles promova o debate.  A bibliografia serve, então, para conduzir nosso debate e para os que quiserem se aprofundar posteriormente.
Dessa forma, é um curso que pretende ser informativo, mas principalmente provocativo, como a bibliografia e os filmes escolhidos.  
A repetição de alguns livros e artigos em eixos distintos mostra como o tema é complexo e urgente.  É bom ressaltar que os filmes e livros escolhidos não são necessariamente os que nos mais agradam sobre os temas, mas os que consideramos essenciais. Procuramos também centrar nossa bibliografia em textos nacionais, com algumas exceções que consideramos intransponíveis.
Façamos, então, nossa parte.
 
Módulo 1 - Gênero e Corporalidade

Nesse módulo pretendemos debater questões referentes ao corpo em geral. Dessa forma, além do debate sobre feminismo, iremos também trazer as questões da identidade de gênero, sexualidade, orientação sexual e da corporalidade.

Gênero e desigualdades: limites da democracia no Brasil- BIROLI, Flavia
Um corpo estranho - Nova edição: Ensaios sobre sexualidade e teoria queer- LOURO, Guacira Lopes
Adeus ao Corpo: Antropologia e Sociedade
–LE BRETON,David
Pensamento negro Feminista- COLLINS, Patricia Hill
O feminismo é para todo mundo: Políticas arrebatadoras- HOOKS, Bell
Mutações-Ensaios sobre as novas configurações do mundo (org.) NOVAES, Adauto
Catálogo da exposição Queer Museum


Módulo 2- Política e Sociedade

Com as mudanças políticas e sociedades sofridas pelo país nesses últimos 15 anos, consideramos essencial debater e analisar as imagens que foram produzidas tanto sobre os movimentos de 2013, quanto sobre outros movimentos. Mas, o módulo pretende ir além das questões eleitorais que envolvem as eleições presidenciais e apresentar um panorama de questões sociais mais amplas que se interconectam e, de alguma maneira, formam uma base - frágil e esfacelante - que nos levam à crise social, política e econômica atual.
 
Gênero e desigualdades: limites da democracia no Brasil- BIROLI, Flavia
A Elite do Atraso- SOUZA,Jessé
O ódio como política-  (org.) SOLANO , Ester Gallego
Tem saída?- Ensaios crítcios sobre o Brasil )or.) BUENO, Winnie,; BURIGO,Joanna; MACHADO, Rosana Pinheiro; SOLANO, Esther
WISNIK, Guilherme- Dentro do nevoeiro
Aos nossos Amigos: Crise e Insurreição- Comitê invisível

 
Módulo 3 - Territorialidade
 
Nos últimos anos, os filmes que versam sobre o território e, aí podemos também pensar sobre a origem, vêm ganhando espaço no cinema nacional tanto em obras independentes, quanto em obras do cinema mais formal. Nesse sentido, pensar na espacialidade, nas limitações de circulação e nos abismos sociais que existem entre uns espaços e outros torna-se central também para se pensar em uma possível solução (ou revolução).

COVERLEY, Merli- A arte de caminhar
MELENDI, Maria Angelica- Estratégias da arte em tempos de catástrofe
(org.) GLEDHILL, John; HITA, Maria Gabriela; PERELMAN, Mariano – Disputas em torno do espaço urbano – Processos de [re]produção/ construção e apropriação da cidade
CARERI, Francesco-  Walkscapes: o caminhar como prática estética
Catálogo : Arte,Democracia, Utopia- Quem não luta tá morto

 
 
Módulo 4 - Raça

Talvez tenha sido somente a partir do início dos anos 2000 que o debate sobre raça ganhou um espaço de reconhecimento necessário para que possamos caminhar e seguir para outras trincheiras. Ainda que esteja, infelizmente, muito centralizado, o debate conseguiu visibilidade a partir da publicação das obras de autoras americanas e das estudiosas Djamila Ribeiro, Juliana Borges, entre outras. Com filmes experimentais e artísticos, talvez esse seja o módulo que nos permitiremos ampliar a questão da visualidade negra para outros espaços, além da carência - ainda estigmatizados, que somos - e nos utilizarmos de filmes experimentais como base. A multiplicidade é padrão dos filmes elaborados pelos realizadores na última década e pretendemos explorar esse caráter.
 
AKOTIRENE,Carla- Interseccionalidade(Feminismos plurais)
BERTH, Joice- Empoderamento(Feminismos Plurais)
DAVIS, Angela- Mulheres, Cultura e Raça, Boitempo
NASCIMENTO,Abdias- O genocídio do negro brasileiro

 

Roberta Mathias: Cientista Social graduada pela PUC-Rio, fotógrafa com experiência em Antropologia Urbana e Antropologia Visual; Especializada em Cultura e Filosofia pela PUC-Rio; Mestre em Filosofia pela PUC-SP na área de Estética-Filosofia do Cinema; Doutoranda em Antropologia Sociale iniciará o Doutorado em Ciências Sociais no PPCIS/UERJ em 2020. Atualmente é pesquisadora na área de Antropologia Urbana, estudando periferias latino-americanas; Pesquisadora do GRAPPA (Grupo de Análises de Políticas e Poéticas Audiovisuais); e professora convidada do IUPERJ/UCAM na pós-graduação em Fotografia e Imagem na qual leciona disciplinas que relacionam Antropologia e Visualidades.
 
Jorge Cruz: Crítico de cinema desde 2009, quando passou a escrever para blogs pessoais. Desde 2019, é crítico e editor do site Vertentes do Cinema. Pelo veículo, realizou coberturas da Mostra São Paulo e Festival do Rio. Estudante de Produção Cultural e Advogado.
 
SEM DATA DEFINIDA
Local: Auditório do Instituto Gênesis
Av. Padre Leonel Franca, 480
Gávea - RJ
 

Carrinho

TOTAL
R$ 0,00
FINALIZAR